Balanço da Marcha sobre Brasília

A manifestação dos produtores rurais, organizada pela Confederação Nacional da Agricultura (CNA), foi um tremendo sucesso.
De forma ordeira e organizada cerca de 25 mil homens e mulheres do campo ocuparam Brasília, apenas para que sua voz fosse ouvida pelos políticos que os tem tratado com tanto preconceito e desdém. Nunca na história de Brasília houve uma manifestação tão grande que tenha sido realizada sem nenhum incidente, nenhum ferido, nenhum dano ao patrimônio público. Os produtores rurais mostraram mais uma vez que são o que há de melhor em nosso país.
Ocorreram muitos momentos emocionantes, como: a missa campal, a palavra da Senadora Kátia Abreu, o grito dos berrantes.

Mas nada foi mais comovente que o depoimento do produtor Edgar Manoel.

Edgar possui uma propriedade produtora de leite de 100 hectares no Amazonas e consegue garantir uma renda mensal de aproximadamente R$ 500. Sua propriedade vale cerca de R$ 100 mil, mas tem multas por desmatamentos e queimadas que podem chegar a R$ 500 mil. E o que é pior,essas multas se referem a desmatamentos que ocorreram 30 anos atrás, antes das regras atuais de APP(Área de Preservação Permanente) e reserva legal. Existem milhares de agricultores na mesma situação de Edgar, ou seja, um pequeno produtor transformado em “criminoso” do ponto de vista das leis que regem o código florestal atual .

Como diria Boris Casoy “É UMA VERGONHA !!!”